Planejando uma festa (parte 2)

Esse post é uma continuação. Para ver o primeiro, clique aqui.

Eu falei no post anterior, sobre por a mao na massa, mas esqueci de um passo importante. Depois de colher referências e decidir o que vai querer, é importante dividir as coisas entre o que você mesma vai fazer, o que você vai comprar, o que pode delegar e o que você pode pedir emprestado.

Mesmo que você tenha uma silhouette (máquina de cortar) e possa fazer muitas coisas com ela, tem coisas que é melhor comprar. Um exemplo: saia para cupcake.  É possível achá-las a preços bem em conta e sai mais barato do que comprar o papel e ir cortanto 1,2 por vez na máquina. Dica: procure sempre no AliExpress antes!

Outro exemplo: para o aniversário de Alicia deste ano, cujo tema era Cinderela, eu queria fazer uns colares com um pingente de sapatinho para dar de lembrancinha. Aí, fui procurar o material para fazer  colar. Aqui, pelo menos, ia sair bem carinho. Daí procurei no Etsy, que é outro site que vende muito artesanato ( similares: no Brasil, tem o Elo7, na Alemanha o DaWanda), e encontrei um vendedor que me enviaria 10 colares pelo preço que eu faria apenas um! Eu só precisei colocar os pingentes. Então, vale a pena mesmo procurar o que pode ser comprado, antes de sair fazendo. Pois fazer você mesma não significa necessariamente economizar.

O mesmo se aplica às comidas. Neste caso, além do comprar e fazer você mesmo, tenha em mente a opção delegar ( para mãe, tia, irmã ou sogra, por exemplo) ou chamar as amigas para ajudar. No geral, você vai sempre encontrar quem possa/queira lhe ajudar. Fazer tudo sozinha é stress desnecessário. Aqui, eu sempre delego um bolo ou uns biscoitos para a minha sogra. Na festinha de Alicia deste ano, ela e Christian fizeram quase toda a comida, já que Raphael não queria soltar do peito (o bichinho não tinha nem um mês ainda).

E com relação a pedir emprestado: além de economizar, você ainda está colaborando para ter menos “cacarecos” no mundo. Se você precisa de uns itens e conhece alguém que tem e pode emprestar, então, não tem que pensar muito. A não ser que seja um item fácil de quebrar e difícil de repor.

Então é isso. Antes de começar a fazer coisas, tem que verificar o que pode ser conseguido emprestado,  o que é melhor comprar  e como os outros podem te ajudar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s